domingo, 9 de agosto de 2015

Cena 4



Escrevo nos teus olhos de luar o rumor dos insetos e da última estrela onde adormecem as nossas vidas. É tudo muito rápido. Poderia escrever outras palavras, outros sinais, antes que o dia se cruzasse com outras semeaduras, quando no meio da noite vens e dizes o quanto és doce, clareando o meu peito de menino, florescente, a dizer-me da urgência do amor, dos corpos enleados, depois destas lâmpadas acesas e das vespas que atiçam as carnes das palavras e do corpo que não suporta tanto calor, e do ardor da sede, desse tempo de voar, muito além de tudo, sentindo o teu lume no meu, sopro-a-sopro, e o sabor da tua água nas zonas mais incandescentes celebrando a fome desse sol interminável, desses corpos dissolvidos. 

(José Carlos Sant Anna)


8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Assim como o amor, escrever também pede urgência.
    Mais uma grande cena, José Carlos.Gostei muito.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Apetite, fome, duas belas palavras para traduzir a tua sublime prosa poética.

    Surpreendes-me sempre, marca de escritor a sério.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Na imolação da carne se apaziguam os espíritos, (in)quietos.

    Perfeito isto!
    Um BFS, José Carlos Sant Anna

    ResponderExcluir
  7. Seus belíssimos pensamentos, vieram até mim, envoltos em lenços esvoaçantes de seda, que fui tirando um a um...
    Disse Platão: "A alma está ligada ao corpo pelos prazeres e pelas dores".
    José Carlos, um ótimo fim de tarde!!!

    ResponderExcluir
  8. Estive encantando-me por aqui, amigo (já ouso te chamar assim).
    E te lendo, só posso agradecer do fundo do coração que me honre com suas visitas.
    Qualquer elogio aos seus textos seria insuficiente mas arrisco dizer que elevam a alma. E agradeço pelo dom que vc tem de encantar.
    Grande abraço

    ResponderExcluir