sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Camisa amarela



Nesses tempos de cinza em que o inimigo está solto e se disfarça, além do milagre do teu canto e dos teus olhos vulcânicos, me acordei mordendo os sonhos, perdidos, nos escuros das palavras de menos, e nas cantigas mais doces, para recuperar o orvalho de brinquedos do amor e não me tornar um oco capaz de endoidecer na eternidade amarga do instante. 

(José Carlos Sant Anna)