quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Amor não é fala

 


No meio da tarde, em nossa casinha,

lá na Marambaia, hesito sentado

em meio da rede ao vê-la sair

do banho com os cabelos enrolados

na toalha; no meio da tarde, a cena

me deixa à deriva no meio de um mar

ardente e ninguém para dizer-me

que era amor a tentação

sempre tentada que no meu corpo estava

na poalha da imaginação pelo meio da sala. 


(José Carlos Sant Anna)


10 comentários:

  1. Todos temos um terreno fértil .Os sonhos.
    E Marambaia é um luxo. O paraíso.
    Que se pode querer mais? _ uma tardezinha, o mar, rede e sereias.
    Cena mais-que-perfeita para um poeta sonhador.
    Gostei da casinha.
    meu abraço ,Jcarlos

    ResponderExcluir
  2. Escena que proce tanta tentacion y sensaciones . Sensuales letras. Beso

    ResponderExcluir
  3. Há tentações e tentações...
    Excelente poema, gostei imenso.
    Bom fim de semana, caro José Carlos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Ninguém abafa os sonhos, ainda mais de poetas.
    O bom é deixar os sonhos correrem, não fazem mal a ninguém! Ao contrário, são sempre belos. O ruim são os pesadelos!
    Um feliz fim de semana, José Carlos, cuide-se, meu amigo! Não está fácil.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Pode fazer-se um poema belo por inteiro em Marambaia ou em qualquer região, desde que se tenha o motivo, um tempo e uma rede na varanda.
    Mas confesso que me senti meio tentada a perguntar-lhe, até meio sem jeito, em como terminou o final da tarde ... (risos).
    Gostei muito, Sant Anna.
    Beijos inteiros!!

    ResponderExcluir
  6. O poeta na doce tentação. E à solta a poeira da imaginação.

    Um beijo e saúde!

    ResponderExcluir
  7. Olá, amigo José Carlos,
    sem medo de sentir-me repetitivo, digo, ao poeta e ilustre amigo, que achei delicioso ler esta sua prosa poética. Poeta é assim mesmo, em poucas linhas mexe com nossos sentimentos e imaginação.
    Um excelente domingo, José Carlos, com saúde e paz.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Enredos que só o coração sabe. E como é bom que um sonho nos arraste...
    Tão belo, meu Amigo José Carlos!
    Muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Tarde de tentacion, amor y pasion. Bello poema amigo, saludos.

    ResponderExcluir
  10. Passei para ver as novidades.
    E gostei de reler o seu excelente poema.
    Continuação de boa semana, caro José Carlos.
    Abraço.

    ResponderExcluir